Especialidades

Na Sorriplaneta – Clínica de Medicina Dentária é efetuado, para cada paciente, um plano de tratamento Multidisciplinar Personalizado que compreende primariamente o restabelecimento de saúde oral e consequente reabilitação oral.

Assim, na sua primeira consulta será informado de todo o plano de tratamento multidisciplinar necessário para alcançar o bem-estar, estética e função da sua Saúde Oral.

Reabilitação oral

A Reabilitação Oral é a área que envolve recuperar as funções mastigatória, fonética e estética através de restaurações e/ou próteses dentárias, devolvendo dentes outrora perdidos. A evolução tecnológica permite, hoje em dia, realizar tratamentos restauradores cujo resultado é semelhante aos dentes naturais.

A Reabilitação Oral é dividida em duas áreas distintas

Prótese Dentária Fixa: Facetas, coroas e pontes fixas sobre dentes ou com implantes (saiba mais na área da implantologia).
Prótese Dentária Removível: prótese acrílica ou esqueléticas.

A Sorriplaneta, como unidade médica polivalente, proporciona-lhe o melhor tratamento do seu caso clinico, tanto com soluções de reabilitação fixa como com próteses removíveis, que podem permitir outro conforto e qualidade de vida.

Implantologia

Dentes fixos num só dia.

A implantologia é a especialidade da Medicina Dentária dedicada à reabilitação das ausências dentárias através da colocação de implantes. Com o recurso aos implantes dentários temos hoje soluções de reabilitação que nos permitem preservar dentes e evitar o recurso às desconfortáveis próteses dentárias.

A taxa de sucesso dos implantes varia entre os 90% e os 98%, e no caso de perder um implante, pode voltar a colocar outro implante, sem que isso implique riscos acrescidos.

Sem dúvida que as soluções fixas são a melhor solução de tratamento para recuperar dentes perdidos e as razões são várias. Não só permitem uma estética e função excelentes, como aumentam a segurança e auto-estima como também as características de dentes naturais saudáveis.

Cirurgia e medicina oral

  • Extracção dos dentes inclusos (terceiros molares – sisos);
  • Remoção de quistos e lesões dos tecidos moles ou duros;
  • Implantologia oral;
  • Biópsias Orais;
  • Cirurgia Minimamente Invasiva.

Ortodontia

A ortodontia é a área da Medicina Dentária especializada no diagnóstico, prevenção e tratamento de alterações dentárias e esqueléticas (crescimento incorreto dos maxilares).

Assim, a ortodontia vai corrigir a posição dos dentes e dos ossos maxilares tendo como resultado uma melhoria na estética, eficiência mastigatória e higiene oral, melhorando também a fonação e respiração, prevenindo danos e disfunções na articulação temporo-mandibular.

Este procedimento pode ser feito de duas formas:
Ou por sistema convencional ou por sistema autoligado (Damon, Empower).

Oclusão, Articulação temporo-mandibular e dor orofacial

A oclusão dentária é a forma como os seus dentes se relacionam entre si. Para se obter uma oclusão ideal é necessário que se estabeleça uma correta relação entre os maxilares, e um posicionamento dentário que permita a manutenção de todas as funções orais – mastigação, fonação, deglutição e estética.

Esta especialidade trata patologias articulares (disfunção temporo-mandibular), patologias musculares, bruxismo (ranger os dentes), de uma forma isolada ou em articulação com outras especialidades, promovendo o equilíbrio postural global e permitindo um melhor funcionamento do organismo.

As disfunções temporomandibulares podem ter como consequência dores de cabeça ou pescoço, alterações de postura, ruídos articulares (estalidos), zumbidos no ouvido, limitação de abertura da boca, desgaste nos dentes e dificuldades na mastigação.

Periodontologia

A periodontologia é o ramo da medicina dentária que se dedica à prevenção, diagnóstico e tratamento das doenças (Gengivite e Periodontite) que afectam os tecidos de suporte dos dentes (gengiva, osso, cemento e ligamento periodontal).

Como tratamento é possível executar procedimentos cirúrgicos de recobrimentos radiculares (recessões) e tratamentos de gengivectomias e gengivoplastias através de cirurgia minimamente invasiva.

Dentisteria

Dentisteria é a área da Medicina Dentária que permite restituir a anatomia dentária perdida por cárie ou por trauma. Também pode tratar-se a perda de tecido dentário por trauma (queda,acidente), as abfrações (causadas por trauma da escovagem dentária, má técnica de escovagem), erosões (desgaste químico), bem como devolver a estética dentária com facetas em resina composta.

Dentro dos tratamentos na área da Dentisteria destacam-se os branqueamentos dentários, as reconstruções com resinas compostas directas e indirectas (Inlays/Onlays), facetas e restaurações estéticas.

Endodontia

A Endodontia é a área da Medicina Dentária que se ocupa do tratamento de lesões de cárie profunda que afectam a polpa dentária (“infecções dos dentes”). Quando a cárie atinge a polpa só existem duas opções: endodontia (“desvitalizar”) ou extrair.

No tratamento endodôntico, o médico dentista remove o tecido danificado ou infetado, preenchendo-o com um material biocompatível, que suportará a estrutura dentária restante. Também é possível efetuar o retratamento endodôntico quando se prevê que este ainda possa ter sucesso para não haver a perda dentária.

Estética do sorriso e da face

A estética e harmonia do sorriso são cada vez mais alvo de atenção por parte dos doentes e dos próprios médicos dentistas. Uma das preocupações mais frequentes dos doentes prende-se com a vontade de ter dentes brancos. Na ausência de alterações da estrutura do dente e existindo saúde gengival pode conseguir um sorriso “branco” com recurso a técnicas de branqueamento dentário.

Hoje em dia existem diversos materiais e técnicas de branqueamento que, utilizados correctamente, permitem resultados eficazes de forma segura, sem prejudicar ou afectar a estrutura do dente. Existem duas técnicas principais para a realização de um branqueamento dentário: aplicação directa do gel, de forma mais intensa, por parte do clínico em ambiente de consultório e/ou braqueamento em casa, onde o paciente coloca o gel numa moldeira personalizada.

A estética do sorriso por vezes passa por tratamentos multidisciplinares de ortodontia, reabilitação oral, dentisteria, periodontologia, entre outros, sendo uma junção de diversas áreas da medicina dentária, promovendo um sorriso ideal na sua harmonia facial.

Harmonização facial – Toxina Botulínica (“Botox”)

Com o passar dos anos, a atividade normal dos músculos faciais leva ao desenvolvimento de linhas de expressão mais profundas.

Ao infiltrarmos pequenas quantidades de toxina botulínica conseguimos uma aparência mais jovem, atenuando as rugas, sem no entanto alterar a expressão do rosto.

Este tratamento tem ainda um efeito preventivo, uma vez que inibe o aparecimento de novas linhas dinâmicas ao suavizar as que já existem.

Patologias dentárias que também beneficiam bastante com a toxina botulínica são a disfunção na articulação, bruxismo, sorriso gengival, nevralgia do trigémeo, cefaleia de tensão, entre outros.

Preenchimentos com ácido hialurónico

Os preenchimentos com ácido hialurónico estão indicados para redefinir a forma e os contornos do rosto e dos lábios, aumentar o volume em zonas modificadas pelo processo de envelhecimento ou simplesmente preencher sulcos e rugas mais profundas e visíveis.

O aumento do volume dos lábios, com ácido hialurónico, quando em pequenas quantidades, traz efeitos muito naturais e satisfatórios. O preenchimento específico, em torno dos lábios, apaga o código de barras de forma natural sem ficar com aspecto falso e inchado, melhorando o seu sorriso.

Higiene oral – Medicina Dentária Preventiva

A Higiene Oral é uma área da Medicina Dentária direcionada para a prevenção das doenças orais mais comuns (cáries, gengivites e periodontites), tendo como principal objetivo a educação e promoção de bons hábitos para a manutenção de uma boa saúde oral e sorriso saudável.

Para a Higiene Oral ser mantida de uma forma eficaz, as consultas devem ser realizadas duas vezes por ano (6 em 6 meses).

Caso o paciente tenha uma patologia (Gengivite ou Periodontite) poderá realizar consultas de 3 em 3 meses, mediante a opinião do seu médico dentista. Escovar os dentes entre 2 a 3 vezes por dia e o uso de fio dentário diariamente é indispensável para evitarmos as cáries dentárias.

Marque a sua consulta

Profissionais de elevada competência e formação pós-graduada.